"A mente cria o abismo e o coração o atravessa." – Nisargadatta Maharaj

E se tocarmos música clássica ao contrário?
E se diminuirmos a velocidade delas?

Parece coisa de doido, eu sei. Mas foi com uma ideia dessa que comecei mais uma série de vídeos no YouTube.

Agora além da conversão para 432Hz, podemos experimentar essas lindas e intemporais músicas que tanto nos fascinam, de uma forma totalmente inusitada.
Além de ser uma experiência completamente nova, podemos contemplar detalhes que nunca imaginamos que pudessem existir dentro dessas músicas.

Um exemplo incrível foi o que encontrei com a música super conhecida de Patchelbel, Canon em Ré Maior.
Termimando de efetuar o processo de reverter e desacelerar a música, fui conferir o resultado e me arrepiei! Sem querer, apareceu um coral na música!

Eu gostei muito do resultado, acho que elas ficam com um clima muito gostoso, tocam fundo na alma e trazem emoções à superfície.
Meditar ou praticar terapias ficam com elas com certeza ajudam a elevar a vibração.

Sem mais demora, segue a playlist aí:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s