"A mente cria o abismo e o coração o atravessa." – Nisargadatta Maharaj

ego

“Se você pensa que é mais “espiritual” andar de bicicleta ou usar transporte público, mas depois você julga qualquer outra pessoa que dirige um carro, então você está preso numa armadilha do ego.

Se você pensa que é mais “espiritual” parar de ver televisão porque destrói o seu cérebro, mas depois julga aqueles que ainda vêm televisão, então você está preso numa armadilha do ego.

Se você pensa que é mais “espiritual” evitar ler fofocas ou notícias da mídia , mas se encontra julgando aqueles que leem essas coisas, então você está preso numa armadilha do ego.

Se você pensa que é mais “espiritual” ouvir música clássica ou sons da natureza relaxantes, mas depois julga aqueles que ouvem música pop, então você está numa armadilha do ego.

Se você pensa que é mais “espiritual” fazer Yoga, tornar-se vegano, comprar só comidas orgânicas, comprar cristais, praticar Reiki, meditar, usar roupas “hippies”, visitar templos e ler livros sobre iluminação espiritual, mas depois julga qualquer pessoa que não faça isso, então você está preso numa armadilha do ego.

Sempre esteja consciente do sentimento de superioridade.
A noção de que você é superior é a maior indicação de que você está em uma armadilha egóica.

O ego adora entrar pela porta de trás. Ele irá se agarrar numa ideia nobre, como começar Yoga e irá distorce-la para servir o seu objetivo ao fazer você se sentir superior aos outros; você começará a menosprezar aqueles que não estão seguindo o seu virtuoso “caminho espiritual”.

Superioridade, julgamento e condenação. Essas são as armadilhas do ego.”

Mooji

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s